Lutas, histórias, dores, glórias: a saga de um nocauteador de adversidades!

Na minha juventude, tomado por um espírito idealista e seduzido pelas inebriantes ilusões da vida, decidi que queria estudar Medicina! Para ajudar minha família. Para sair da pobreza e superar as dificuldades financeiras que sempre se fizeram presentes na minha existência. Para tornar-me útil à sociedade, minorando o sofrimento físico e psíquico das pessoas, ajudando-as a vencer as intempéries provocadas pelas doenças.
Enquanto muito motivado, inspirado e nutrido pelos melhores sentimentos, infelizmente na minha jornada encontrei muita gente de péssima índole, invejosa, mesquinha, preconceituosa, ignorante, desonesta… Indivíduos infectados pelo vírus do “espírito de porco”, ou pobres de espírito, medíocres em diversos aspectos. Gente que, crendo não ter capacidade para fazer ou conseguir alguma coisa positiva, prefere atrapalhar, desestimular e até mesmo prejudicar quem pensa de um jeito diferente!
Por sorte – ou por intervenção divina – também cruzaram o meu caminho pessoas de bem, que me acolheram, apoiaram e auxiliaram de forma grandiosa, principalmente nos momentos mais difíceis e dolorosos.
Buscando ampliar minha visão de mundo e almejando ser mais prestativo e útil às pessoas, optei também por enveredar-me pelos meandros do Direito. Vislumbrando a possibilidade de combater as injustiças, tão presentes na realidade deste país, e assim levar alento a todos os que se encontram sufocados e oprimidos pelos abusos e incoerências do Poderes Constituídos, entre outros agentes públicos e privados que, não raramente, desrespeitam os princípios da Democracia, acentuam as desigualdades e causam severos danos aos cidadãos.
Trata-se de uma escolha pessoal. Não viso apenas aos aspectos financeiros. A prosperidade é consequência de um trabalho executado com ética, competência, dedicação e interesse genuíno quanto a solucionar os problemas das pessoas. O que é seu o Universo concede espontaneamente, de forma justa, em resposta aos seus esforços. Você não precisa explorar ninguém, nem viver mendigando. Tudo é uma questão de equilíbrio e bom senso.
O desejo de ser capaz de tornar a vida de alguém um pouco melhor, ou menos dura, sobrepõe-se a qualquer expectativa de recompensa pecuniária.
É com esse espírito e por meio dessa crença que persisto em minha trajetória de contínuo aprimoramento pessoal e profissional, de modo a crescer não em vaidade, mas em sabedoria e humildade, na busca constante de evolução como ser humano. Um homem consciente de suas limitações, porém obstinado e disposto a transpor os obstáculos que se descortinam em cada etapa. Vou avançando e cumprindo os desígnios do Grande Arquiteto do Universo, da Mente Universal Única, da Fonte Criadora Primordial: Deus!
Com entusiasmo e vontade para progredir sempre no sentido de fazer o bem e não prejudicar ninguém (primum non nocere), bebo dessa Fonte inesgotável e generosa, e dela extraio a energia que me impulsiona rumo à concretização dos meus sonhos.
Se você não se reveste de um caráter nobre, se seus objetivos e intenções não estão sintonizados com a Natureza e o Universo, você não tem condições de ser instrumento para a prática do bem e a busca da felicidade, seja esta individual ou coletiva.
Todos trazemos, em nossos âmagos, a centelha do fogo divino, a semente para a criação de tudo que possa ser benéfico à experiência humana. Nossa essência é uma replicação do caráter do Criador, uma vez que dEle fomos concebidos conforme Sua imagem e semelhança.
Sendo assim, cada um de nós é dotado de poder suficiente para gerar abundância, alegria, paz e felicidade!
Fazer o bem é uma questão de fórum íntimo, isto é, intrínseca a cada pessoa. O Universo é tão sábio que concedeu à Humanidade o livre-arbítrio: cada um tem a liberdade e o direito de agir como bem entender, porém deve assumir as consequências. O Universo não é um ditador. Ele não obriga ninguém a fazer ou deixar de fazer absolutamente nada! Você é quem tem que escolher…
E, se temos a opção de fazer o bem e melhorar nossa vida e as vidas de outras pessoas, que nossas ações sejam direcionadas a fazer dessa escolha a mais válida possível!
A minha eu já fiz e manterei congruente com aquilo que acredito ser bom para mim e para os demais.
Sejamos seres de Luz a inundar o mundo com os raios da plenitude! Que nosso brilho possa guiar-nos com amor, serenidade e maestria pelas Veredas e Verdades da vida.
Sempre!

Dr. Adriano A. Batista

😷😊⚔😎🤘🏻🏆🌹

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s